Bairros Saudáveis 2020
Designação do projeto
253. Tinta de Limão
Tipo de projeto e valor máximo de financiamento
Projeto integrado (máximo 50.000 Euros)
Eixos de intervenção em que se enquadra o projeto
Social
Descrição
Apesar da pertinência de todas as intervenções sociais, a intervenção pelas artes mostra singularidades no seu efeito, o que a faz merecer uma relevância superior à qual hoje possui. Assim, com o Tinta de Limão, pretende-se potenciar o trabalho da Associação com as comunidades residentes nos Complexos de Habitação Social do concelho, através de uma intervenção artística e social pluridisciplinar que responde às diferentes necessidades e interesses dos diferentes públicos-alvo. A presente proposta visa a dinamização de várias oficinas de expressão artística, um grupo de Mediação Jovem/Autarquia de Bairro e o desenvolvimento da Oficina das Emoções, destinadas às crianças e jovens das comunidades. Será desenvolvido ainda um grupo de Mediação Parental, na forma de Teatro Fórum e, para a população idosa, um Clube Agulha e Dedal. Não limitando a ação aos participantes diretos e de forma a valorizar o trabalho que vai sendo realizado, pretende-se dinamizar um evento final, comum.
Financiamento
Valor solicitado
47.508,00 €
Valor de outros financiamentos
0,00 €
Valor total da candidatura
47.508,00 €
Objetivos
Objetivo geral e justificação
Promover a inclusão de pessoas económica e socialmente mais vulneráveis e a coesão social nos complexos de habitação social, territórios já identificados no diagnóstico da Rede Social de São João da Madeira. Intervindo junto da população residente nestas comunidades, com recurso às expressões artísticas multidisciplinares, como meio de intervenção social, pretende-se impulsionar a inclusão ativa e a promoção da igualdade de oportunidades, mobilizando a comunidade na resolução dos seus desafios sociais, contribuindo assim para a redução da exclusão social. Assegurando a articulação de uma rede alargada de parceiros nos mais diversos domínios de intervenção, garantindo uma maior eficácia da intervenção e amplitude de resultados.
Objetivo específico 1 e justificação
Promover a inclusão social, estimulando a criatividade e a experimentação, através da implementação de um conjunto de oficinas nas várias áreas da expressão artística, que permitam a ocupação de tempos livres, a prevenção de comportamentos de risco, favoreçam o autoconhecimento, a capacitação e a valorização pessoal, o desenvolvimento de competências em torno de novas perspetivas ocupacionais e profissionais e, ainda, o reforço da identidade dos participantes com a comunidade onde se encontram inseridos. Utilizando como base a educação não-formal, num ambiente favorável à criação de relações de confiança e onde cada participante possa sentir o espaço de ação como um local seu, propício à experimentação. Quatro oficinas, com a duração de 2h/cada e uma participação de 15 elementos, espera-se a dinamização de 145 sessões no conjunto das oficinas, com um total de 2175 participações, ao longo dos 8 meses de implementação do projeto.
Objetivo específico 2 e justificação
Potenciar a capacitação dos jovens para uma cidadania ativa, enquanto agentes impulsionadores do futuro das comunidades onde residem, recuperando a sua relação de pertença ao bairro, reforçando a prevenção de comportamentos de risco, desenvolvendo o espírito de cooperação e o empreendedorismo, contribuindo positivamente para a inclusão ativa, para o percurso de vida e para o ambiente vivenciado na comunidade. Promovendo a criação de pares de referência, a capacitação destes jovens incidirá em áreas como as competências de comunicação, a gestão de conflitos, a cidadania, a Inteligência Emocional, entre outros domínios que possam ser abordados mediante o interesse e as necessidades dos jovens. Com a duração de 2h e uma participação de 12 jovens, espera-se a dinamização de 29 sessões, com um total de 348 participações. No final, será ainda apresentado e desenvolvido um projeto de melhoramento do espaço habitacional construído pelos jovens pertencentes à Autarquia de Bairro.
Objetivo específico 3 e justificação
Fomentar uma parentalidade mais positiva e consciente, abordando a realidade dos participantes, debatendo problemáticas educativas, familiares, sociais e individuais, facilitando a resolução de conflitos e a prevenção de comportamentos de risco e favorecendo a criação de laços de solidariedade informal, a partilha e a entreajuda no seio do grupo e da comunidade, através de uma metodologia de intervenção com diretrizes de ação presentes na Estética do Oprimido, que servirá de motor para a transformação da realidade através do diálogo e do teatro. Com a duração de 2h semanais e uma participação de 15 elementos, espera-se a dinamização de 29 sessões, com um total de 435 participações, ao longo dos 8 meses de implementação do projeto.
Objetivo específico 4 e justificação
Estimular o desenvolvimento de competências sócioemocionais, abordando temáticas como a comunicação, a Inteligência Emocional, a gestão de emoções e mediação de conflitos, de forma a promover por parte das crianças a resolução destes mesmos, capacitando-as para reconhecer as suas emoções e a geri-las de forma mais eficaz, contribuindo assim para relações interpessoais mais positivas, para o sucesso escolar e, sobretudo, para o seu bem-estar. Com a duração de 2h/por sessão e uma participação de 12 crianças, espera-se a dinamização de 29 sessões, com um total de 348 participações.
Objetivo específico 5 e justificação
Promover a participação social, reforçando as relações interpessoais e a ocupação dos tempos livres, através de uma dinâmica no sentido da partilha de saberes e experiências, incentivando a criação de redes de solidariedade informal, de cooperação e de sinergias intergeracionais, que contribuirão para a melhoria da qualidade de vida, o combate ao isolamento, a promoção do envelhecimento ativo e o reforço de laços sociais. Com a duração de 2h por semana e uma participação de 12 elementos, espera-se a dinamização de 29 sessões, com um total de 435 participações, ao longo do período de implementação do projeto.
Parceria Local
Entidade Promotora
Associação de Jovens Ecos Urbanos
Entidade Parceira
Câmara Municipal de S. João da Madeira
Habitar S. João, E.M.
Banco Local de Voluntariado de S. João da Madeira
Clube de Tricô do Orreiro
Agrupamento de Escolas Dr. Serafim Leite
Junta de Freguesia de S. João da Madeira
Território(s) de intervenção
1. Complexo de Habitação Social de Fundo de Vila/ Orreiro
São João da Madeira, São João Da Madeira
Critérios de elegibilidade do território
2. Complexo de Habitação Social Parrinho/ Mourisca
São João da Madeira, São João Da Madeira
Critérios de elegibilidade do território
Atividades
1. Expressão Artística
A atividade "Expressão Artística" visa a dinamização de quatro oficinas - Música, Hip Hop, Dança Criativa e Audiovisuais, para crianças e jovens entre os 6 e os 18 anos. Estas, decorrerão de forma permanente ao longo do período de implementação do projeto, com uma duração de 2h e 15 participantes, cada. A presente proposta poderá vir a ser alterada mediante o interesse do público-alvo. De forma a valorizar o trabalho que vai sendo feito, serão dinamizadas várias mostras públicas das diferentes produções realizadas ao longo do ano, bem como a participação por parte dos grupos no evento final.
Destinatários preferenciais
Crianças, Jovens, Migrantes, Pessoas com deficiência
2. Mediação Jovem/ Autarquia de Bairro
Esta atividade propõe a realização de duas ações integradas que visam a dinamização de sessões de capacitação de jovens mediadores e a criação de uma Autarquia de Bairro. Com a Autarquia de Bairro pretende-se que os jovens identifiquem as fragilidades e necessidades do seu espaço habitacional e que construam um projeto que responda às mesmas, a ser concretizado no final do programa e com verba do mesmo. A decorrer em contínuo ao longo de todo o período de implementação, propõe a realização de sessões semanais, com uma duração de 2h e 12 jovens com idades entre os 12 e os 18 anos.
Destinatários preferenciais
Crianças, Jovens, Migrantes, Pessoas com deficiência
3. Mediação Parental
A "Mediação Familiar", propõe a realização de sessões de Teatro Fórum, destinadas a crianças, jovens e suas famílias, convidando-as a refletir sobre as suas realidades e os seus desafios e problemáticas educativas, familiares, sociais e individuais. A decorrer de forma permanente ao longo de todo o período de implementação, propõe-se a realização de sessões semanais com duração de 2h, integrando, em média, 15 pessoas. Pretende-se adotar uma intervenção que promova uma relação de confiança entre os diferentes atores, numa lógica de aplicação de orientações positivas e de resolução de conflitos.
Destinatários preferenciais
Crianças, Jovens, Adultos (população em idade ativa), Mulheres, Famílias, Migrantes, Pessoas com deficiência
4. Oficina das Emoções
A "Oficina das Emoções" destina-se a crianças entre os 6 e os 12 anos e vem dar resposta a uma necessidade sentida no decorrer do trabalho da associação. Percebeu-se a necessidade do público-alvo ter um espaço onde pode discutir os seus desafios diários. A decorrer de forma permanente ao longo do período de implementação, propõe a dinamização de sessões semanais, com a duração de 2h e a participação de 12 elementos, onde serão desenvolvidas uma série de dinâmicas para incentivar as crianças a reconhecer as suas emoções e a capacita-las para uma gestão mais eficaz das mesmas.
Destinatários preferenciais
Crianças
5. Clube Agulha e Dedal
O “Clube Agulha e Dedal” pretende dar resposta a dois públicos-alvo distintos, por um lado a população idosa e por outro, pessoas em situação de desemprego, residentes nas comunidades identificadas. Será dinamizada uma sessão semanal, desta oficina de costura, que pretende ser um espaço onde os participantes possam aprender ou trabalhar atividades diversas ligadas à costura e confeção de vestuário. Decorrerá de forma permanente ao longo do projeto, com um grupo de 12 elementos, que juntará pessoas com e sem conhecimentos nesta área.
Destinatários preferenciais
Idosos, Adultos (população em idade ativa), Mulheres
6. Evento Final
De forma a valorizar o trabalho que vai sendo realizado, pretende-se dinamizar o Evento Final que irá apresentar as diferentes produções realizadas nas várias atividades, convidando a comunidade a participar direta ou indiretamente na sua conceção e concretização. Para além do trabalho desenvolvido no decorrer do tempo de implementação, serão ainda convidados artistas de diversas áreas, que trabalharão com os grupos do projeto. O evento realizar-se-á em dezembro, momento final do Tinta de Limão. Pretende-se ainda realizar um documentário dos vários momentos do evento e da sua preparação.
Destinatários preferenciais
Toda a comunidade